Enxergando pela primeira vez - Frames

Enxergando pela primeira vez

Imagine ver um bebê pela primeira vez aos 29 anos. Agora, imagine se esse recém-nascido for o seu filho. Foi isso que Kathy Beitz experienciou. Deficiente visual desde os 11 anos, a canadense teve a oportunidade de usar um óculos especial para ver o seu primeiro filho. Além disso, foi a primeira vez que Kathy viu seu marido.

Tudo isso só foi possível por meio do eSight, um óculos altamente tecnológico que usa uma câmera para captar imagens, e um aparelho com processamento de dados em algoritmos avançados. Assim, a imagem transmitida por uma tela de LCD, que funciona como um binóculos, chega em alta resolução até as células dos olhos. Isso corrige algumas deficiências visuais que existem porque a informação mandada pela luz simplesmente não chega ao cérebro, como é o caso de Kathy, que sofre com a doença de Stargardt.

Infelizmente, cada óculos eSight custa US$ 15 mil. No entanto, é possível fazer doações no próprio site do fabricante.

COMENTÁRIOS


POST RELACIONADOS